segunda-feira, 13 de abril de 2009

Renan Tripode – Com os pés no Progressivo!

Inside Jam and Friends entrevista Renan Tripode.

J.A -Como vc define o seu estilo, ou da No Man`s Land?

R.T -Cada música tem um jeito diferente, se vc pegar a cronologia
delas existe sons de cinco nos atrás e outras mais novas. As mais
novas são realmente mais progressivas, na verdade eu não gosto
muito de definir ou rotular músicas.


J.A -Quais suas principais influências?

R.T -Um cara que sempre admirei foi Robert Plant, agora essa
coisa de sentir a musica eu acho que é Ian Anderson, mas gosto
também de Jamiroquai uma pegada mais jazz fusion.

J.A -Qual sua banda preferida?

R.T -A banda que eu posso ouvir a qualquer momento é
Led Zeppelin, porem ouço muito Jefferson airplane, jamiroquai
e gosto muito de Jethro tull principalmente dos sons mais folks,
pq gosto muito do folk irlandês e o Jethro tem muito disso.


J.A -Agora falando do projeto Jam and Friends que vc está
participando, fale do porque da escolha dessas músicas que
vc vai cantar?

R.T -Bom Hey You eu sempre quis cantar essa música, ela é
um retrato completo do progressivo eu consigo imaginar realmente
o personagem “\um cara perdido e tentando buscar ajuda, ele grita
e ninguém e o escuta” é demais.
Confortably Numb é uma música para se sentir e não para se pensar,
a primeira vez que ouvi essa música me senti voando e quando canto
é a mesma coisa, é como se eu sentisse o seu corpo formigando inteiro.

J.A -Para finalizar esse papo, o projeto como um todo o que vc
está achando?

R.T -Pink Floyd é muito racional, eu acho que vai realmente ficar
legal, mudar as músicas deixa-las mais com a nossa cara e transferir
os nossos sentimentos como nós conseguimos entende-las.

Nenhum comentário: